quarta-feira, 4 de julho de 2007

Planear um Jardim de Erva

Para criar o seu próprio jardim de ervas, pode depender de uma série de factores, incluindo o espaço, o sítio, o solo, as condições e o clima.
Algumas plantas como o tomilho e a salva, podem ser cultivadas dentro de casa.
Para o ar livre, escolha ervas resistentes.
Pegarão com facilidade e terão muitíssimas folhas para colher.
Quanto ás plantas exóticas, ou menos resistentes, coloque-as em sítios abrigados do sol ou em vasos.
No Inverno traga para casa as mais frágeis.

Cultivar Plantas

A maioria das plantas medicinais prefere um solo que escoe moderadamente a água e um local soalheiro.
Escolha os cantos com sol, mas abrigados, para situar as ervas delicadas e mais ou menos resistentes.
Algumas plantas só vão tolerar certas gamas de temperatura e muitas não sobreviverão se houver geadas duradouras.
Proteja do vento as semi-resistentes.
A Primavera é a melhor altura para plantar. Depois, regue bem a planta e continue a fazê-lo uma vez por semana.
Não lhe dê água a mais, porque muitas ervas fabricam constituintes activos quando houver secura.
Veja se os canteiros e vasos não têm ervas daninhas e use apenas processos orgânicos para tratar as pragas, doenças e infestações de insectos.

Colher

A maioria das ervas crescerá numa determinada estação e deve-se usar imediatamente ou ser conservada.
Terá de tratar delas sem demora, para não se estragarem e conservarem o poder curativo.
Colha apenas as plantas saudáveis, sem danos de insectos ou poluição.
Se puder, sirva-se de um cesto aberto, para evitar esmagamentos, e não misture plantas diferentes.
Corte sempre com uma faca afiada, para os prejuízos serem mínimos.
Use luvas, se colher ervas com picos ou alergénicas.
Apanhe as ervas quando o tempo estiver seco, de preferência numa manhã de sol, depois do orvalho desaparecer.
È mais fácil colher folhas quando crescem, durante a Primavera ou Verão; flores, quando começam a abrir; frutos, quando amadurecem; raízes, no Outono.

Ervas a plantar

Alecrim – Tempo de plantio: Primavera/Outono.
Situe-a num local abrigado do sol; Proteja-a no Inverno.

Aloés – Tempo de plantio: Primavera/Outono.
Situe-a num local soalheiro, dentro de casa, envase-a quando necessário; Não regue de mais.

Consolda-Maior – Tempo de plantio: Primavera/Outono.
Situe-a num local soalheiro e tépido, regue-a para manter a humidade.

Erva-Cidreira – Tempo de plantio: Primavera/Outono.
Situe-a em solo húmido e ao sol; corte-a após a floração.

Maravilha – Tempo de plantio: Primavera/Outono.
Situe-a em solo que escoe bem e ao sol; corte-lhe os capítulos murchos.

Matricária – Tempo de plantio: Outono/Primavera.
Situe-a em solo que escoe bem, ou ao sol, em terra pedregosa e seca.

Colher Ervas

Secar Flores – Tire-lhes qualquer sujidade e coloque os botões sobre papel absorvente, num local seco, mas com espaço de arejamento.
Quando estiverem prontas, tire-lhes as pétalas e guarde-as num saco de papel pardo ou num boião de vidro escuro.

Secar Sementes - Pendure ramos de vagens com sementes maduras, cápsulas ou caules floridos, invertidos, sobre um tabuleiro forrado de papel, ou meta-os num saco de papel.
Deixe-os secar, sacuda-os com cuidado e tire-lhes as sementes maiores e guarde-as.

Secar Frutos/Bagas – Coloque-os em tabuleiros forrados de papel absorvente.
Meta-os no forno tépido (desligado), com a porta entreaberta, 3 a 4 horas. Mude-os para um sitio escuro, tépido e seco, e vire-os uma vez por outra.
Deite fora os frutos bolorentos.

Secar Folhas – Pendure ramos, de 8 a 10 caules, num sítio escuro, ventilado e tépido. Quando estiverem quebradiços, separe as folhas dos caules, esfregando-os.
Guarde-as num boião de vidro escuro, com tampa de enroscar, ou num saco de papel pardo.

Secar Raízes – Passe as raízes por água tépida.
Corte-as ou esfatie-as, e ponha-as em tabuleiros forrados de papel absorvente.
Meta-as no forno tépido (desligado), com a porta entreaberta, 2 a 3 horas.
Mude-as para um sitio tépido até secarem e guarde-as.

Recolher Seiva e Látex – Corte uma folha de aloés longitudinalmente e descasque-lhe as bordas.
Tire-lhe o suco raspando a parte inferior da folha com a parte romba de uma faca.
Use-o imediatamente: não se pode guardar.

Fonte: “Plantas Medicinais” de Andrew Chevallier.

1 comentário:

Anónimo disse...

Achei um site muito bom para tratamento com plantas medicinais o Link é:

www.chamedicinal.com.br